5 perguntas típicas da entrevista que você responde incorretamente

Moça questionando

Não importa qual posição você está tentando obter – durante a entrevista, você receberá periodicamente as mesmas perguntas. E às vezes não é tão fácil respondê-las. Lembre-se de erros comuns e tente não cometê-los.

Conte um pouco sobre você

Geralmente, após esse pedido, as pessoas começam a conversar sobre suas vidas e perdem a oportunidade de contar uma história importante e compreensível sobre si mesmas.

Depois de ouvir tal solicitação, você pode facilmente iniciar uma longa explicação dos detalhes de seus estudos, trabalhos anteriores, hobbies e outras coisas. Mas ninguém quer ouvir um relatório sobre sua vida. Essa história dá ao interlocutor a impressão de uma pessoa desmontada que não tem nenhum objetivo.


Melhor pensar em qual mensagem clara sobre você deseja transmitir. Sua resposta deve ser o tom dessa ideia. Por exemplo, você pode dizer: “Sou uma pessoa que se provou bem em posições relacionadas à comunicação” ou “Sou determinado por uma paixão pela liderança”. Não esqueça que sua idéia, que você promoverá, deve corresponder ao que o recrutador está procurando.

Por que você está interessado neste trabalho?

Essa é uma pergunta difícil, porque você pode facilmente responder a ela que não diz respeito ao trabalho em si. Por exemplo, você pode dizer que consegue um emprego em uma loja de roupas porque sempre quis trabalhar na indústria da moda. Ou que você é um designer e deseja fazer publicidade. Ou você pode responder que foi aconselhado a procurar um amigo que goste desta empresa. Outra resposta típica: “Percebi (a) que estava pronto (a) para deixar meu emprego atual”. Todas essas respostas são verdadeiras, mas é improvável que impressionem o recrutador.

Aproveite a oportunidade para mostrar que você sabe o que é esperado de você, que dificuldades pode encontrar no trabalho e por que está confiante de que seus talentos o ajudarão a alcançar o que você espera. Aprofundar e explicar por que você acha que é adequado para o trabalho escolhido.

Jovem conversando feliz
Jovem conversando feliz

Qual é a sua maior fraqueza?

É incrivelmente difícil dar uma resposta honesta a esta pergunta. Sim, cada um de nós tem pontos fracos. Se você não está preparado para esta pergunta, pode responder: “Minha fraqueza é que não tenho prazos rígidos” ou “não gosto quando minha equipe trabalha mal juntos”. Uma resposta semelhante pode ser verdadeira, mas é bastante arriscada.

Não minta para o recrutador – é melhor chamar de “fraqueza”, que é realmente a sua força. Por exemplo, você pode dizer: “Sou um perfeccionista que sempre se esforça para obter o resultado perfeito, mesmo que você precise reciclar”. Ou “tento extrair o melhor da minha equipe, o que significa que as pessoas com quem trabalho devem ter os mesmos objetivos ambiciosos”.

Por que você deixou o emprego anterior?

E, novamente, há uma resposta certa e errada para essa pergunta.

Será incorreto dizer algo negativo que, de alguma forma, fez você deixar sua posição. Se você disser que saiu porque não gostava do chefe ou não pôde ingressar na equipe, o recrutador terá um motivo para recusá-lo. O mesmo se aplica a qualquer resposta em que exista pelo menos algo negativo (“Não gostei muito do trabalho” ou “O trabalho demorou muito e não pude prestar atenção à minha família”). Talvez tudo tenha sido assim, mas essa pergunta não ajudará você a conseguir um novo emprego.

Melhor criar a imagem de um funcionário ambicioso que alcançou o teto da carreira em seu último emprego e decidiu seguir em frente. Conte-nos sobre suas realizações, o que você planeja alcançar em um novo local e quais suas habilidades podem ser úteis lá.

Você também pode se arrepender de ter deixado excelentes colegas ou o chefe que o inspirou. Mas não se esqueça de acrescentar que “é hora de seguir em frente”.

Quem você se vê daqui a 10 anos?

Outra questão complicada. Se você disser que ocupará o cargo da pessoa que o entrevistará – por exemplo, o vice-presidente ou diretor -, estará em uma posição perigosa. Essa resposta pode ofender o interlocutor.

Basta dar exemplos de planos para os próximos dez anos sem vinculá-los a pessoas específicas. O recrutador verá que você tem planos de carreira e decidirá que é uma pessoa motivada. Só não se esqueça que em nosso tempo os planos podem mudar facilmente, e é melhor dizer isso também.

As entrevistas causam muito estresse, e a necessidade de procurar as respostas certas para todas essas perguntas apenas agrava a situação. Portanto, você deve decidir com antecedência como responderá. Quanto melhor você se preparar, mais bem sucedido será o resultado.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *